quarta-feira, 5 de novembro de 2008

How things should be.

Não percebo porque é que o amo-te se escreve desta forma: amo-te, quando deveria ser desta: amote. O amo-te não deveria ter hífen ou tracinho como se costuma dizer. O amote que eu falo, este, não deveria ter espaço para que nenhuma letra respirasse, para que ficassem ali as letras apertadinhas de forma a não caber mais nenhuma porque a verdade é que quando se ama alguém não cabe mais ninguém ali, porque não há espaço, porque as letras estão literalmente sufocadas por essa palavra que se deveria escrever apenas e só assim: Amote.
Fernando Alvim.

4 comentários:

Angelblue disse...

Concordo plenamente ;) o AMOR nem sempre precisa de palavras, o olhar fluido e apaixonado de quem amamos contem tudo aquilo que precisamos ouvir e sentir no silencio. No AMOR o mais importante não é olharmos nos olhos um do outro, e sim olharmos juntos na mesma direcção. Quando isso assim é a Palavra AMO-TE passa a ser AMOTE, porque juntamos as mãos e juntos caminhamos :) Beijos *Tens regado a minha flor?

mmux disse...

então e mais posts? onde andas?

Ervi Mendel disse...

O hífen é a pilinha! :D

Angelblue disse...

hahahahahahahahahahaha vendo pela perspectiva do Ervi, o hífen faz todo o sentido sem duvida :D lol