sábado, 6 de junho de 2009

Amo.

Eu quando amo mimo. eu quando amo faço sonhar. eu quando amo suspiro e faço suspirar. eu quando amo não corro atrás, mas fico presente. eu quando amo não fico em silêncio, canto melodias. eu quando amo não desisto, luto. eu quando amo quero tudo e quero hoje e quero para sempre. eu quando amo não tomo nada, mas nada mesmo, como garantido. porque nada é garantido nesta vida. eu quando amo escalo montanhas, pinto céus e planto flores. eu quando amo visto-me de mar, bronzeio-me de côco e brilho com as estrelas. eu quando amo peço desejos à lua e ofereço flores ao mar. eu quando amo fechos os olhos e peço ao Universo que me deixe amar assim para sempre. eu quando amo quero ser o Sol.
mas isto sou só eu. quando amo. e eu amo. muito.

1 comentário:

Fuxa disse...

"... eu quando amo não desisto, luto. eu quando amo quero tudo e quero hoje e quero para sempre... "

Sem duvida que é a verdade das verdades :) !