quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A coisa mais bonita.

"O amor é fodido. Hei-de acreditar sempre nisso. Onde quer que haja amor, ele acabará, mais cedo ou mais tarde, por ser fodido. É melhor do que morrer. Há coisas, como o álcool e os livros, que continuam boas. A morte é mais aborrecida. Por que é que fodemos o amor? Porque não resistimos. É do mal que nos faz. Parece estar mesmo a pedir. De resto, ninguém suporta viver um amor que não esteja pelo menos parcialmente fodido. Tem de haver escombros. Tem de haver esperança. Tem de haver progresso para pior e desejo de regresso a um tempo mais feliz. Um amor só um bocado fodido pode ser a coisa mais bonita deste mundo."


Miguel Esteves Cardoso

3 comentários:

eu - a própria disse...

Muito pouco a dizer. Apenas que, coincidência ou talvez não, se tivesse que selecionar, no momento,um blog em sintonia com o meu estado de espírito seria este. (prontos poderia ser necessário uns ajustes no que se relaciona a algumas fotos e depois na referência ao géneros - feminino e masculino, de resto ...tudo na mesma. Será que anda tudo a pensar o mesmo??!!!!hehe

ainda eu - a própria disse...

só pra dizer que algures no texto ficou por fechar o parêntesis ) prontos tá fechado

Angelblue disse...

Aquilo que se deseja e aquilo que se consegue, são quase sempre duas coisas inteiramente distintas. Há vários motivos para não amar uma pessoa, e um só para amá-la :)