sexta-feira, 27 de julho de 2007

É plágio, sim senhor...

Desde já as minhas desculpas, este post é literalmente um plágio... a minha desorganização, não me permite saber de onde copiei este magnifico texto... Procurei, procurei, procurei, por todos os blogs, que vejo diariamente e nada, não descobri de onde o retirei... as minhas desculpas, mas, na minha opinião, tem de ser lido mais vezes e por isso o publico aqui, sem a autorização do autor... se entretanto ele / ela o descobrir por aqui e me levar a mal, que me avise, que nesse segundo o retiro. Mas é bom, muito bom, mesmo. Parabéns.
Expectativas.
"As pessoas nem sempre estão disponíveis. E é uma realidade nem sempre fácil de aceitar. Não podemos estar sempre à espera que os outros reajam como esperamos, e principalmente como achamos que merecemos, porque esta é uma das principais premissas para a redonda desilusão. Há que manter presente que ninguém adivinha o que nos vai na cabeça e mesmo quando adivinham, nem sempre lidam com isso da forma que esperamos. Quantas vezes damos por nós a ouvir sermões intermináveis, ou frases implacáveis, ou a ser arrastados para ambientes de festa, quando na verdade um abraço forte e silencioso era tudo o que precisávamos?Ser autosuficiente é muito difícil para a maioria das pessoas. A necessidade compulsiva de reconhecimento e aceitação por parte do outro faz com que coisas pequeninas como dizer "não" custem horrores. É uma batalha difícil. Mas há que manter presente que não estamos a lutar contra os outros. Estamos a lutar por nós."

3 comentários:

Anónimo disse...

Aqui está uma boa reflexão.....

Bom fim-de-semana.

Um abraço forte e silencioso.

Luna

Daniela disse...

Pulpfashion.blogspot.com

;)

Frigida Kahlo disse...

tomei a liberdade de criar um link para aqui..espero que nao se importe.*