quarta-feira, 2 de maio de 2007

Eu pecador me confesso:

Confesso que gosto de surpresas. E de surprender.
Gosto de longos e bons abraços.
De beijos roubados. Longos. Curtos. De todos.
Olhares daqueles. E dos outros também.
De brindes sem querer. E na maior parte, a querer .
Confesso que gosto de sonhos. E de sonhar.
Gosto de saudades e de Saudadinhas.
De sorrisos. De todos. Curtos. Longos.
De presentes. De dar e receber.
Gosto de Momentos.

Confesso que gosto de um embirrar saudável.
Gosto da luta. E adoro as pazes.
De ver pessoas felizes. E contribuir.
Noites sem fim. E dias a acompanhar.
Cumplicidade. Sempre.
Gosto de palavras. E também do silêncio.

Gosto tanto, tanto, tanto...

4 comentários:

formiguita bipolar disse...

E eu confesso que gosto dos teus gostos e, consequentemente, deste post também.
***

Sandrina disse...

Gostei muito dos gostos aqui descritos, acabei por ficar contagiada pelos gostos apresentados... ;)

A questão do susto no outro dia, tinha a ver com o teu nome ... pensava ke eras uma pessoa que eu conheço, mas já vi que não és:)

beijos grandes!!

mux disse...

boa

a2mar disse...

Sorrisinhos!!!